Banner da zona
   

Centro Ciência Viva de Estremoz | Contactos | Mapa do Site | Versión Española

 

Destaques
VIII CONGRESSO NACIONAL “CIENTISTAS EM AÇÃO”
4, 5 e 6 de abril 2013

INSCRIÇÕES FECHADAS

Introdução

As ciências e as tecnologias atingiram nos dias de hoje, um papel extremamente importante na sociedade. Torna-se fundamental que os cidadãos criem e desenvolvam hábitos e competências no campo das ciências experimentais e das tecnologias, áreas por excelência, onde se manuseiam materiais, aprendem técnicas e se verifica como os processos naturais se desenvolvem. As atividades práticas tendem, atualmente, a ocupar um lugar de destaque e insubstituível, reclamando um espaço próprio nos currículos de ciências. A sua utilização é vista cada vez mais, como uma estratégia importante e necessária de ensino-aprendizagem.
Por outro lado, tendo em vista a importância fundamental da troca de experiências e ideias entre as pessoas, a sua discussão e a importância fundamental do poder reconhecer-se que afinal podemos estar errados, sem que isso constitua um problema, surgiu no ano letivo de 2005/2006 a 1º edição do que é atualmente o "Congresso Nacional Cientistas em Ação.

O que é?

Promovido pelo Centro Ciência Viva de Estremoz, pretende-se com o Congresso Nacional “Cientistas em Ação” desenvolver o contato e a troca de ideias entre cientistas, os alunos e professores, promovendo a colocação dessas ideias à observação dos outros, podendo admitir-se que se está errado... no âmbito da divulgação e partilha da cultura científica e tecnológica.
Com âmbito nacional, pretende-se também promover o espírito científico dos jovens, através da realização e desenvolvimento de projetos científicos nos quais o ensino experimental das ciências se revela como uma prioridade. Terá ainda lugar, a atribuição de apoios vários aos três melhores trabalhos por níveis de ensino (1º e 2º ciclos, 3º ciclo e ensino secundário).
Privilegia-se a comunicação científica, a qual é reflexo do trabalho realizado com o professor. Em contexto do Congresso, é moderada perante “pares” – cientistas e elementos do júri, em painéis e por nível de escolaridade, à semelhança de um verdadeiro Congresso Científico.

Quem pode participar?

Podem participar neste congresso alunos de todas as instituições de ensino (públicas e privadas) do 1.º ciclo do ensino Básico ao Secundário, individualmente ou em grupo (até quatro elementos). O docente, deverá proceder à inscrição do grupo em www.estremoz.cienciaviva.pt.

O que fazer?

Os projetos a elaborar devem estar sempre relacionados com a temática geral do funcionamento do nosso Planeta. No entanto, queremos salientar que ao termos optado pela Terra como tema central, de modo nenhum estamos a restringir os projetos à disciplina de Geologia. Com efeito, o funcionamento do nosso planeta só pode ser compreendido pela conjugação de várias ciências como a Física (e.g. a ação das forças), a Química (e.g. a importância das reações químicas), a Informática (e.g. forma de modelar os fenómenos naturais) ou a Biologia (pois a evolução dos seres vivos não se fez à revelia da evolução do próprio planeta).
Os projetos devem ser acompanhados de um resumo escrito, com um máximo de 2 páginas, (consultar estrutura e exemplo na página do congresso), contendo os aspetos mais relevantes do projeto (objetivos, materiais, métodos, resultados e discussões) e serem enviados em formato digital (cd-rom ou email) até dia 22 de março de 2013. No Congresso, os projetos são apresentados pelos jovens cientistas, sob a forma de atividade experimental ou módulo/maqueta, acompanhados de uma breve comunicação oral (15 minutos).

Quando decorre o Congresso?

O Congresso decorre nos dias 4 (1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico), 5 (3.º Ciclo do Ensino Básico) e 6 de abril (Ensino Secundário) de 2013, no Centro Ciência Viva de Estremoz, Espaço Ciência - Convento das Maltezas.

Critérios de Avaliação?

Os módulos/maquetas experimentais, são objeto de avaliação por um júri de cientistas e professores, que terá em conta os seguintes critérios:
  • Conteúdo Científico
  • Originalidade
  • Comunicação teórica e apresentação experimental

Apoio à participação?

São distinguidos os três melhores trabalhos, por dia:
  • 4 abril --> Galopim de Carvalho, 1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico
  • 5 abril --> Dolomieu, 3.º Ciclo do Ensino Básico
  • 6 abril --> António Ribeiro, Ensino Secundário
Estes têm a atribuição de apoios para materiais necessários à construção do módulo científico experimental.
Tendo em vista premiar o esforço, todos os participantes (alunos e professores) recebem um diploma. Caso o júri considere, poderá ainda haver a atribuição de menções honrosas a alguns dos trabalhos.

Os apoios para materiais, são atribuídos ao(s) elemento(s) de cada grupo de jovens cientistas, assim como, ao docente acompanhante e à instituição de ensino. A lista de apoios, será divulgada oportunamente na página do Congresso.

Contactos

Geral: congressocientistas'@'estremoz.cienciaviva.pt
Coordenação Pedagógica: cpacheco'@'estremoz.cienciaviva.pt
Acompanhamento Científico e Receção dos resumos: vsilva'@'estremoz.cienciaviva.pt
Produção: scampos'@'estremoz.cienciaviva.pt
Webdesign: epereira'@'estremoz.cienciaviva.pt

NOTA: O VIII Congresso Nacional Cientistas em Ação, constitui-se como um dos módulos da Ação de Formação “Desenvolvimento de Projetos, no âmbito do ensino experimental das ciências”, com o registo de acreditação nº CCPFC/ACC-65059/10.
Destina-se aos professores dos grupos 110 e 230, tem um total de 26 horas a que corresponde 1 crédito.

Cronograma e conteúdos da ação de formação

Apoios

 

 

   

© Centro Ciência Viva de Estremoz, 2019 | Ficha Técnica | Contactos