Banner da zona
   

Centro Ciência Viva de Estremoz | Contactos | Mapa do Site | Versión Española

 

Ciência na Cidade - Estremoz
Ciência na Rua


Algumas das grandes descobertas científicas fazem parte do nosso imaginário. Do eureka de Arquimedes, ao pêndulo de Foucault e aos cavalos na praça de Magdeburg, tentando separar à força dois hemisférios apenas unidos pelo vácuo, muitas são as situações em que a imagem da descoberta científica se sobrepõe à própria experiência.
O Centro Ciência Viva de Estremoz em colaboração com a Universidade de Évora e a Câmara Municipal de Estremoz, propõem o reviver de alguns destes acontecimentos ao mesmo tempo que se dá ao participante a oportunidade de, pela experimentação, perceber o significado dessas descobertas científicas.

Ciência na Rua é um projecto de divulgação científica que, cruzando a Ciência com a Arte, dá vida a alguns dos momentos mais significativos da longa evolução científica e tecnológica que tem marcado o percurso do Homem na Terra.

Durante 2 noites, o centro histórico da cidade fecha-se ao trânsito para se abrir à Ciência. Em 7 locais a dança, o teatro, o circo ou a música, juntam-se para festejar a Ciência. Mais de 150 artistas em simultâneo, a que se juntam 30 cientistas e dezenas de experiências permitem ao participante uma clara percepção de alguns dos momentos cruciais sobre os quais se alicerça a nossa Sociedade.

Para 2007 as recriações científicas escolhidas são:


1- "O Julgamento de Galileu"
2- "Hemisférios de Magdebourg"
3- "O Pêndulo de Foucault"
4- "Eureka de Arquimedes"
5- "As Esferas de Buffon"
6- "A Estrutura do ADN"
7- "A Queda dos Corpos"

Cartaz da Ciência na Rua

Programa da Ciência na Rua




 

   

© Centro Ciência Viva de Estremoz, 2019 | Ficha Técnica | Contactos